TRE absolve por unanimidade o vereador Arnaldo Araújo de Candeias-Ba

PUBLICIDADE

O vereador Arnaldo Araújo, ou Arnaldo do Ponto Econômico (PSDB), eleito em primeiro lugar no pleito de 2016 com 1.229 votos, foi absolvido pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral da Bahia) da acusação de abuso de poder econômico e compra de votos em decisão unânime da Corte baiana na tarde desta segunda-feira, 10/02.

A AIJE (Ação de Investigação da Justiça Eleitora) foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral, de Candeias, ainda em 2016, alegando compra de votos e de cooptação de eleitores durante a campanha.

O Tribunal ratifica a sentença do juiz auxiliar eleitoral, João Paulo Guimarães Neto, do TRE baiano, em outubro de 2019, que afirmou que: “Não somente as provas testemunhais deixaram de traduzir uma certeza do quanto alegado pela peça acusatória da prática do crime previsto no art. 41-A da Lei nº 9.504/97”, como os próprios documentos apreendidos no procedimento investigatório não lograram tal êxito”.

Na defesa, vereador alegou que testemunhas foram cooptadas para prestarem falsamente depoimentos no Ministério Público Eleitoral, tratando-se, portanto, “de depoimentos fabricados, obtidos de forma ardilosa e articulada por políticos ligados a adversários”.

Arnaldo Araújo

O vereador afirma que recebe com alegria, serenidade e muita tranquilidade a ratificação da decisão da Justiça Eleitoral de Candeias pois, tinha “consciência da improcedência da denúncia”, mas também reconhece os transtornos morais, e até psicológicos, que causaram a injusta e infundada acusação que o envolveu e muitas outras pessoas de bem e simples da cidade.

Afirma que vai continuar com sobriedade na defesa dos propósitos para os quais foi eleito durante os meses que lhe resta de mandato como vereador, assim como vai pedir a Deus que ilumine aqueles que o acusaram levianamente. E que o povo sempre conte com ele na Câmara Municipal e na vida pessoal.

Família

Agradece o apoio da minha família, especialmente minha mãe, “D. Isaura, que nos seus 90 anos mantém a confiança no filho, meus filhos, meus amigos e todos aqueles que acreditam e continuam acreditando em mim e, com certeza, é uma decisão que antes de tudo aumenta minha responsabilidade nos compromissos de defender os cidadãos, cidadãs e a cidade de Candeias, dos quais não abrirei mão”.

A defesa foi feita inicialmente pelo Dr. Benedicto Maurício, em primeira instância, em Candeias. Na segunda instância, no TRE, trabalharam os advogados Sávio Mahmed, Remerson Francis e Luísa Dutra.

Fonte de Informação:https://tudonews.com.br/tre-absolve-por-unanimidade-o-vereador-arnaldo-araujo/

LEIA MAIS NO CANDEIAS PLAY

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *