Síndrome rara associada à Covid-19 já atingiu 40 crianças na Bahia; duas morreram

[Síndrome rara associada à Covid-19 já atingiu 40 crianças na Bahia; duas morreram]

A Bahia já registrou 40 casos e dois óbitos entre crianças e jovens que desenvolveram uma síndrome inflamatória rara após terem sido infectados pelo novo coronavírus, de acordo com dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Segundo boletim epidemiológico divulgado pela pasta neste domingo (22), os números se referem a registros feitos até o último dia 17.

A Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) pode se desenvolver em pessoas de 0 a 19 anos que tiveram Covid-19 previamente e que, inclusive, já estão curadas da doença. A SIM-P pode causar febre persistente acompanhada de sintomas gastrointestinais, dor abdominal, conjuntivite, exantema (rash cutâneo), erupções cutâneas, edema de extremidades, hipotensão, dentre outros sintomas. 

De acordo com a médica infectologista, Clarissa Falcão, a síndrome pode afetar diversos órgãos como coração e cabeça.  “A criança ou adolescente pega o coronavírus, algumas vezes tem sintomas bem leves, não sabe nem que teve e depois desenvolve essa síndrome que também pode acometer diversos órgãos. Pode levar a problemas de coração, arritmia, pode acometer o trato gástrico intestinal, pode dá dor de barriga, diarreia, náuseas e vômitos. Pode também afetar a cabeça levando a quadros de letargia, ou seja, a pessoa fica um pouco mais sonolenta. Tem que ter bastante cuidado e por isso que é importante a gente reforçar as medidas de prevenção para o coronavírus.

Ainda conforme a Sesab, dos 40 casos confirmados até o momento, 25 (62,5%) ocorreram em pacientes do sexo masculino e 15 (37,5%) em pacientes do sexo feminino. Em relação a faixa etária, o intervalo de 5 a 9 anos foi o mais cometido representando 45%. 

A secretaria ressaltou que os dados relacionados à síndrome serão atualizados semanalmente de acordo com o monitoramento realizado pelo Ministério da Saúde.

Covid-19 na Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 958 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 1.345 curados (+0,4%). Dos 384.903 casos confirmados desde o início da pandemia, 368.575 já são considerados recuperados, 8.226 encontram-se ativos. O boletim epidemiológico deste domingo (22) contabiliza ainda 21 óbitos que ocorreram em diversas datas.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (25,09%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.103,97), Itabuna (6.805,55), Madre de Deus (6.774,76), Aiquara (6.747,64), Almadina (6.698,39).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 784.671 casos descartados e 96.418 em investigação. 

Fonte de Informação:https://www.bnews.com.br/noticias/saude/coronavirus/287930,sindrome-rara-associada-a-covid-19-ja-atingiu-40-criancas-na-bahia-duas-morreram.html

LEIA MAIS NO CANDEIAS PLAY

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *