Mulher denuncia Hospital Roberto Santos por misturar pacientes com e sem Covid-19

Reprodução/ RecordTV Itapoan

A denunciante reclama que pacientes idosos, acamados, com AVC, estão sendo colocados em risco ao serem deixados na mesma ala que pessoas diagnosticadas com o coronavírus

Pacientes com Covid-19 estariam sendo tratados junto com outros doentes no Hospital Geral Roberto Santos, em Salvador. A denúncia foi feita, ao Balanço Geral nesta sexta-feira (7), pela acompanhante de uma pessoa que se encontra internada na unidade hospitalar.

A mulher reclama que pacientes idosos, acamados, com AVC, estão sendo colocados em risco ao serem deixados na mesma ala que pessoas diagnosticadas com o coronavírus. No andar em questão, estariam pelo menos dois infectados pela Covid-19, segundo ela.

Outra reclamação da denunciante é que o hospital não disponibiliza lençol para os pacientes. “Eu enrolo ele com o que eu trago de casa. Quem se suja, fica até o outro dia assim porque não tem como repor. Os funcionários muitas vezes não dão banho na cama pra não sujar o lençol porque não tem como trocá-lo”, detalhou a mulher.

Procurado pelo BNews, o Hospital Geral Roberto Santos alegou que não recebe paciente com diagnóstico confirmado para Covid-19, mas, “por se tratar de uma unidade com emergência, pode acontecer de receber paciente com suspeita para a doença. Nesse caso, testamos e, se o resultado for positivo para o novo coronavírus, encaminhamos, via regulação, para o hospital de referência”. A instituição disse que não está, hoje, com nenhum paciente com o coronavírus.

Sobre a falta de lençóis, o hospital respondeu que terceiriza o serviço de lavanderia e o contrato está normalizado, o que quer dizer que ‘não há motivo para faltar o item’.

Publicidades

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *