Google, Facebook e Twitter devem retirar do ar informações sobre criança que fez aborto após estupro do tio

PUBLICIDADE

[Google, Facebook e Twitter devem retirar do ar informações sobre criança que fez aborto após estupro do tio]

A Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo (DPE-ES) conseguiu, na noite deste domingo (16), uma decisão liminar para que o Google Brasil, Facebook e Twitter retirem, nas próximas 24 horas, todas as informações divulgadas nas plataformas sobre a criança que sofreu violência sexual em São Mateus, no norte do Estado, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.

De acordo com o órgão, “os dados divulgados causaram ainda mais constrangimento à menina e aos seus familiares”. Na decisão, o juízo do plantão da 5ª Região, afirmou que “não se pretende obstar o direito à liberdade de expressão, o qual é, inclusive, constitucionalmente assegurado, à luz do art. 5º, inciso IV da CF, entretanto, consoante se extrai dos autos os dados divulgados são oriundos de procedimento amparado por segredo de justiça”.

Fonte de Informação:https://www.bnews.com.br/noticias/jusnews/justica/278198,google-facebook-e-twitter-devem-retirar-do-ar-informacoes-sobre-crianca-que-fez-aborto-apos-estupro-do-tio.html

LEIA MAIS NO CANDEIAS PLAY

PUBLICIDADE

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *