CANDEIAS: CINCO BAIRROS DO MUNICÍPIO APRESENTAM ALTO ÍNDICE DE INFESTAÇÃO DE AEDES AEGYPTI;

PUBLICIDADE

CANDEIAS PLAY CONHEÇA NOSSO PORTAL E NOSSA RADIO

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Os bairros do Centro, Dom Avelar, Malembá, Santo Antônio e São Francisco, em Candeias, na região metropolitana de Salvador, têm apresentado, nos últimos meses, alto índice de infestação do mosquito Aedes aegypti, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). No balanço, os cinco bairros apresentaram o Índice Geral de Infestação de 3,5, sendo que o aceitável é de 1. Os dados, notificados pela Sesau até o dia 21 de maio, apontam 254 casos de chikungunya, com uma morte; e 80 de dengue, com uma morte.

PUBLICIDADE

O primeiro Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), divulgado em abril deste ano pelo Ministério da Saúde, indicou que o município de Candeias está em situação de risco por surto de dengue, zika e chikungunya. O estudo separa as cidades em níveis de risco, alerta e satisfatório.

PUBLICIDADE

De acordo com o levantamento, o município está em estado de alerta para infestação das doenças. Além de Candeias, São Francisco do Conde e São Sebastião do Passé apresentaram situação de alerta. Apenas a cidade de Madre de Deus apresentou índice satisfatório para as doenças. A pesquisa foi realizada entre janeiro e março deste ano.

PUBLICIDADE

A Secretaria Municipal de Saúde informou, em nota, que intensificou de ações de combate ao mosquito com atividades educativas nas localidades com maior número de casos e de pulverização. A pasta explicou ainda que adotou como medida emergencial a utilização do Fumacê e as pulverizações em locais de difícil acesso.

PUBLICIDADE

Na nota, a Sesau diz ainda que a população deve colaborar com as ações facilitando o acesso dos agentes de endemias nas residências e/ou terrenos que se encontram fechados e recomenda que caso o morador manifeste os sintomas de qualquer das três doenças, deve procurar o posto de saúde ou UBS mais próxima.

PUBLICIDADE

ESTADO

Segundo os dados da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), emitidos até o dia 14 de maio, a Bahia apresenta 22.118 casos prováveis de Dengue em 298 municípios; 787
casos prováveis de Chikungunya, em 96 municípios; e 524 casos suspeitos de Zika, em 93 municípios.

PUBLICIDADE

Quando comparado ao mesmo período de 2018, a Sesab informou que houve um aumento de 336,5% dos casos notificados de Dengue, redução de 59,9% dos casos de Chikungunya e redução de 30,2% dos casos de Zika em 2019.

PUBLICIDADE

Até o momento foram confirmados 10 óbitos por Dengue, com sete mortes em Feira de Santana, uma em Salvador, uma em Candeias e uma em Saubara.

PUBLICIDADE

Fonte de Informação:http://baianafm.com.br/97054/candeias-cinco-bairros-do-municipio-apresentam-alto-indice-de-infestacao-de-aedes-aegypti/

PUBLICIDADE

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *