35 costumes que podem arruinar a relação

PUBLICIDADE

CANDEIAS PLAY CONHEÇA NOSSO PORTAL E NOSSA RADIO

Slide 1 de 51: Manter um relacionamento vigoroso é tarefa difícil. Um dia está tudo bem, no seguinte tudo pode desmoronar bem diante dos seus olhos. Acredite ou não, mesmo o mais insignificante dos maus hábitos pode acabar uma influência negativa na relação. Reunimos uma lista e, com a ajuda de especialistas, pesquisamos para descobrir quais são as principais maneiras de se arruinar uma história de amor.

PUBLICIDADE

Manter um relacionamento vigoroso é tarefa difícil. Um dia está tudo bem, no seguinte tudo pode desmoronar bem diante dos seus olhos. Acredite ou não, mesmo o mais insignificante dos maus hábitos pode acabar uma influência negativa na relação.

Reunimos uma lista e, com a ajuda de especialistas, pesquisamos para descobrir quais são as principais maneiras de se arruinar uma história de amor.

Tentar mudar o outro

Vamos começar com um dos piores hábitos em um relacionamento. “A ideia de que você pode tornar um companheiro melhor lhe coloca em um patamar ‘superior’, que desequilibra a relação de poder na relação”, diz Geoff Lamb, psicoterapeuta. “Não é dizer que é ruim dar suas opiniões ou dizer o que quer do outro.”

Brigar por mensagens de texto

Ter conversas sérias por mensagem de texto pode levar à desconexão entre os casais, segundo pesquisa da Brigham Young University. O estudo descobriu que usar mensagens de texto para pedir desculpa ou para discutir problemas teve um impacto negativo na satisfação da mulher com os relacionamentos. Não seja uma presa destes maus hábitos. O estudo também descobriu que mandar mensagens amorosas, por sua vez, melhora a relação.

Não namorar

“Acredito que seja crucial, especialmente em relacionamentos de longa duração, que se priorize momentos de intimidade de muitas formas, como planejar noites para sair e se divertir junto, ter encontros românticos e separar um momento para o sexo”, diz Eva Weaver, sex coach e educadora sexual somática. “A atitude de pensar que o sexo precisa acontecer espontaneamente pode ser empecilho.”

PUBLICIDADE

Postar coisas sobre o companheiro na internet

Se abrir demais nas redes sociais pode ser perigoso para um relacionamento. “Seu companheiro precisa se sentir à vontade com você para ser sincero e ficar mais próximo”, explica Cate Mackenzie, terapeuta psicossexual e conselheira de casais. “Se expõe a vida do parceiro nas redes sociais sem o seu consentimento, você priva ele de uma forma segura de se envolver e pode ser que perca a confiança de expor sua intimidade para você.”

Planejar o futuro juntos em detalhes

O futuro de vocês dois já está todo mapeado? Talvez não deva estar mesmo. “Deixe um pouco de espaço para o mistério e para a dúvida e não fundamente seu relacionamento em hipotecas, carreira, aposentadoria e planos funerários”, aconselha Stella Anna Sonnenbaum, sexóloga. “Se precisar ser pragmático, planejar o seu amor, que tal organizar uma viagem surpresa para um destino maravilhoso juntos e fazer isso em breve?”

PUBLICIDADE

Comparar seu companheiro com os outros

Fazer comparações é um traço humano normal. No entanto, pode ser um dos maus hábitos que destroem um relacionamento. Pesquisa da Universidade de Toronto sugere que não apenas a comparação dos outros com seu companheiro tem uma influência negativa na forma como você o vê, mas também na forma como percebe a si mesma. Além disso, é um gerador de conflito no relacionamento.

Morar junto cedo demais

Enquanto vocês estão apaixonados, a ideia de morar junto e formar um lar parece perfeita. Apesar disso, você deve esperar antes de dar o próximo passo. “Ter um período de namoro no qual ambos se curtem é muito importante”, diz Mackenzie. “Se vão morar juntos rápido demais, terminam precipitando a fase de disputa de poder, com brigas e discussões próprias da vida doméstica.”

Não aceitar críticas

Todos fazemos bobagens de vez em quando. Ouvir as críticas do seu companheiro é vital para o relacionamento. “Pode ser desafiador escutar e assimilar as coisas que foram ditas pelo outro”, diz Weaver. “Se entendermos que há uma razão, mesmo que seja difícil de digerir, é importante receber com uma atitude acolhedora ao invés de ser defensivo.”

Manter sentimentos recalcados

A comunicação franca é o fundamento de qualquer relacionamento sólido. “Deixe que seu companheiro conheça você e o que sente para que possa se abrir”, diz Mackenzie. “Pode ser muito útil falar com seus amigos e ler e escrever sobre seus sentimentos.” Recalcar as coisas é um dos maus hábitos que você deve evitar, a todo custo.

PUBLICIDADE

Não dar espaço ao outro

“Não conceder espaço ao outro pode advir de insegurança ou medo de perder, mas é crucial que seja comunicado e que ambos encontrem maneiras de dar espaço ao outro”, diz Weaver. “Ficar familiar demais e considerar a presença do outro como obrigação é um fator que compromete a qualidade do relacionamento.”

Evitar os assuntos problemáticos

Só porque alguma coisa é difícil de discutir não significa que deve ser ignorada por completo. “Pode ter consequências diversas”, diz Lamb. “Pode tanto fazer com que os problemas escalem e então explodam, na forma de uma traição ou de discussões realmente destrutivas, ou até levar a relacionamentos insossos e entediantes, no qual cada um vive sua vida em separado.”

Discutir em público

Você já percebeu, no meio de uma discussão, que estava em um supermercado? Se a resposta for sim, talvez seja melhor mudar de atitude, pelo bem do seu relacionamento. “Discutir é ruim para os dois, mas discutir em um espaço público pode levar a um sentimento de vergonha que danifica a relação”, diz Mackenzie.

Guardar rancor

Você tem dificuldade em desapegar? Vamos dizer que seu companheiro esqueceu de lavar a louça na semana passada e você segue trazendo isso à tona. “A generosidade é um ingrediente vital nas relações”, diz Weaver. “Inclui ter a capacidade de perdoar e superar as pequenas coisas e não deixar acumular rancor por muito tempo.”

PUBLICIDADE

Ficar muito sério cedo demais

Você pode estar pronto para uma nova relação, mas embarcar em uma cedo demais pode ser um erro. “Pode ser doce ou muito assustador”, diz Sonnenbaum. “Um primeiro encontro pode ser cedo demais para falar sobre o número de filhos que vocês gostariam de ter.” Faça as coisas em um ritmo que seja confortável para os dois e que ajude na construção de algo especial.

Dar um gelo

No meio de uma discussão, você pode não querer mais falar com seu companheiro. No entanto, dar um gelo e não falar nada por muito tempo é um dos maus hábitos que se deve evitar. Os casais que usam o silêncio contra o outro de maneira frequente têm um baixo nível de satisfação, pouca intimidade e má comunicação, segundo um estudo da Dick Jones Communications.

Presumir que você sabe o que o outro está pensando

Você pode presumir que entende como seu companheiro pensa, mas talvez você devesse perguntar. “Segundas leituras e a presunção de aspectos sobre o outro ao invés de questionar diretamente pode tornar as relações mais difíceis”, diz Weaver. “Pode ser uma espécie de hipervigilância, a de antecipar as necessidades do outro sem entrar em contato com seus próprios desejos e vontades e sempre priorizar as necessidades dos outros ao invés de pensar nas suas.”

Postar selfies de casal o tempo todo

Tirar uma que outra fotinho um do outro e colocar na rede social não é um grande problema. Entretanto, se você descobre que faz só isso quando está com seu companheiro, pode ser um sintoma de um problema mais profundo. “Pode ser uma exposição excessiva, tornar o seu relacionamento um evento público o tempo todo e pode colocar a ambos uma pressão de ‘fingir’ que estão bem”, explica Mackenzie.

PUBLICIDADE

Dizer coisas negativas

Quando você está borocoxô, pode não pensar duas vezes antes de descarregar todos os seus problemas no seu companheiro. “Nossos cérebros são conectados para ver o lado negativo, é necessário fazer um esforço especial para ver coisas positivas”, diz Sonnenbaum. “Os casais mais felizes dizem coisas legais uns para os outros, e desenvolvem a prática da gratidão.”

Passar o tempo todo juntos

Querer passar 24 horas por dia, sete dias por semana com o parceiro é intenso. “Você precisa de tempo solitário para se conectar consigo mesmo e ter a capacidade de se conhecer”, diz Mackenzie. “Sem um relacionamento consigo mesmo, é difícil ter a capacidade de se relacionar bem com o outro.” Considere reservar algum tempo consigo mesmo em frequência regular.

Ver muitos programas sobre relacionamento

Gosta de assistir programas sobre casais? Pode ter um impacto negativo no seu próprio relacionamento. Pesquisa do Mass Communication and Society Journal sugere que quanto mais uma pessoa acredita nas caracterizações de um programa, menos tem a capacidade de se comprometer com o seu próprio relacionamento. Pode ser uma boa hora de desligar a TV.

PUBLICIDADE

Não manter hobbies

Ter uma vida própria fora do relacionamento pode ser a chave do sucesso do mesmo. “É importante que cada um no casal se satisfaça”, diz Weaver. “Isso inclui tempo para si sem o outro, cultivar amizades, hobbies, criatividade, etc. Sem espaço para si mesmo, os relacionamentos minguam.” Por que não ingressar em um clube ou aprender uma coisa nova?

Nunca conversar sobre a vida sexual

Estejam as coisas quentes e pesadas ou o contrário, pode ajudar conversar sobre como elas estão com o outro. “Pode ser difícil para muitos casais, por causa da carência de uma boa educação sexual, seja em casa ou na escola”, diz Lamb. “Pode haver, no entanto, consequências sérias (de não se falar) e a ajuda profissional pode ser boa ideia.”

Falar em nome do seu companheiro

Vamos dizer que há um jantar e alguém pergunta algo ao seu companheiro. Você dá um pulo para dar a resposta antes que o outro dê? Se é assim, talvez seja o caso de considerar o que lhe motiva a falar por ele. “Isso é sempre sintomático de um problema psicológico mais profundo, por exemplo, a insegurança”, diz Lamb.

PUBLICIDADE

Deixar de lado o romantismo

O romance realmente morreu? “É crucial manter os aspectos do relacionamento que ambos apreciam vivos, incluindo o romantismo”, diz Weaver. “Pode haver diferenças nas coisas que um e outro consideram romântico, então ter uma conversa e um brainstorm sobre o que acham romântico pode ser uma boa maneira de avançar.”

Deixar que o outro pague por tudo

Se ambos ganham dinheiro, dividir os custos de vida é absolutamente vital. “É importante equilibrar o relacionamento e ambos se sentirem validados e importantes”, explica Mackenzie. “Se é só uma pessoa que paga por tudo ela pode se sentir usada. Mas, é claro, precisa ter diálogo para ver como ambos se sentem”.

Dar valor excessivo ao material

Seja um par de sapatos novos ou a última geração do videogame, dar muita ênfase aos objetos físicos pode ser um problema. Pesquisa da Brigham Young University indica que, tipicamente, casais materialistas têm mais dinheiro, mas na média também mais problemas de relacionamento. Pode ser uma boa deixar de lado a viagem de compras e fazer uma noite romântica a dois.

PUBLICIDADE

Trazer o passado de volta durante discussões

Todo casal discute de tempos em tempos. Quando o assunto foi resolvido, no entanto, a última coisa que se deve fazer é trazer o assunto de volta. “É um indicador de ‘assunto pendente’ e deve ser encarado com seriedade”, explica Lamb. “Pode ser bom perguntar para a pessoa que faz isso: ‘o que você precisa de mim para superar este assunto?’”.

Tomar seu valor pessoal pela relação

Os relacionamentos vão e vem, mas o seu apreço por si tem que ser o mesmo sempre. Um dos maus hábitos que podem arruinar o casal é fundamentar sua confiança no sucesso da relação. Pesquisa da Universidade de Houston indica que isso pode levar à depressão e ansiedade no longo prazo. Pode ser danoso tanto para a sua saúde mental quanto para a vida amorosa.

Usar uma linguagem dramática demais

Você pensa antes de falar? Dizer que seu companheiro ‘sempre’ faz algo errado ou que ‘nunca’ dá atenção pode ser um problema real para vocês dois. “Modere a sua linguagem com o companheiro, ser superlativo pode deixá-lo tenso. Com os companheiros, nós precisamos usar linguagem específica, controlada”, aconselha Mackenzie.

Passar o tempo todo no smartphone

Quanto do seu tempo você passa no smartphone? Mais de 70% das mulheres casadas relataram que o uso dos smartphones interferiu em seu relacionamento, segundo um estudo da Universidade do Arizona. Pesquisadores descobriram que a atenção dividida causada por este tipo de tecnologia pode levar a conflitos nas relações interpessoais.

PUBLICIDADE

Ter ciúme dos amigos

Como você encara uma saída do seu companheiro com amigos? Se você tem ciúmes, é um mau sinal. “O que há nos amigos do seu companheiro que lhe provoca este sentimento?”, questiona Weaver. “É crucial que ambos possam cultivar as suas relações fora do relacionamento romântico, incluindo boas amizades.”

Não falar sobre as suas fantasias

Para melhorar a vida sexual e o relacionamento, você deve contar quais são as suas mais íntimas fantasias. “A comunicação é crucial em um relacionamento”, diz Weaver. “Falar sobre as suas preferências, bloqueios, determinar o consentimento, ser claro a respeito dos próprios desejos, necessidades e sobre tudo o que se quer precisa de uma comunicação honesta.” Por que não separar um tempinho para ter esta conversa?

Diminuir-se

Fazer um diálogo interno negativo é um dos maus hábitos que muitos de nós mantemos. Quando você pensa (ou fala) sobre si mesmo, é de maneira positiva ou negativa? Ao nos diminuirmos constantemente, pode haver um impacto no relacionamento. “Para se manter um relacionamento saudável, é importante estar feliz consigo”, diz Lamb.

Espionar o telefone do companheiro

Se o seu companheiro fica no telefone, você sente a tentação de ver o que está fazendo por sobre seu ombro? “Este comportamento controlador não favorece a confiança em uma relação”, diz Weaver. “A questão é a insegurança subjetiva que faz com que o companheiro pratique isso. Se houver a desconfiança ou os ciúmes, é importante trazer o assunto à tona.”

Fonte de Informação:https://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/relacionamento/50-costumes-que-podem-arruinar-a-rela%C3%A7%C3%A3o/ss-AACOC3b?li=AAggXC1#image=50

PUBLICIDADE

CURTA,COMPARTILHE NOSSA PAGINA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *